terça-feira, 27 fevereiro 2024
- Publicidade -
Banner Topo
22.1 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Filha com problemas psiquiátricos mata própria mãe a facadas

 Neste último sábado, a Delegacia de Polícia de Barra do Bugres recebeu a informação de um homicídio ocorrido em uma fazenda nas proximidades do Distrito de Currupira. A equipe de investigadores da Deleba dirigiram até o local, onde confirmaram o homicídio e se tratava de uma senhora de 57 anos, que fora assassinada a golpe de faca.

Em entrevista, no local do crime, em uma sede da fazenda com o proprietário, genro e outra testemunha, foram identificada como autora do crime a própria filha da vítima. Durante a entrevista com a suspeita, relatou que a motivação do crime fora de atender o pedido da própria mãe, que segundo ela, por várias vezes para que a filha lhe tirasse a vida.

Durante a entrevista com a suspeita, esta relatou que a motivação do crime fora de atender ao pedido de sua mãe por várias vezes. A vítima apresentava problema de saúde causada por acidente há cerca de dois meses, onde a sua mobilidade foi prejudica. Segundo ela, a filha, esse seria o motiva para que a mãe estivesse descontente com a vida.

Os investigadores observaram que a suspeita mostrava-se alheia à essa tragédia, demonstrando estar fora de sí. Ela mesma informou a equipe da PJC no local que fazia tratamento psiquiátrico, motivo pelo qual faz uso de remédio controlado. Segundo testemunhas, no dia do crime, o seu marido saiu para mais um dia de trabalho em um local afastado da sede da fazenda. Sozinha com a mãe e de posse de uma faca, efeteuou um golpe profundo no pescoço de sua genitora, tirando a sua vida. A confissão partiu da própria suspeita e após o cometimento do crime, ligou para outra funcionária da fazenda, relatando o fato. Em seguida comunicou ao seu esposo que retornou a sede, onde presenciou a cena macabra.

Em tal forma, não restou dúvidas sobre a autoria, materialidade e motivação do crime, cabendo à equipe de investigadores dar voz de prisão à suspeita e conduzi-la até a cidade de Barra do Bugres, onde foi apresentada a autoridade Policial, Dr. Márcio Portela, Delegado Titular na Delegacia de Barra do Bugres.

Devido o crime ter ocorrido no município de Alto Paraguai, onde a delegacia foi desativada, a autoridade policial determinou o encaminhamento da suspeita para o município de Diamantino, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante delito. A suspeita deverá ser encaminhada ao presídio feminino, onde ficará à disposição da Justiça.

 

- Publicidade -
big master

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

41% das casas em Mato Grosso ainda usam fossa como despejo do esgoto

A coleta de esgoto tem a maior deficiência do...

Rebaixado, Dom Bosco passará centenário na 2ª divisão do Mato-grossense

Ser rebaixado não era um dos planos dos torcedores...

Pequenos piscicultores são priorizados no fornecimento de peixe para alimentação escolar em MT

A inclusão de peixe na alimentação oferecida aos estudantes...

Dia do Livro Didático 27 de Fevereiro

O Dia Nacional do Livro Didático é comemorado anualmente em 27 de...
Feito com muito 💜 por go7.com.br