segunda-feira, 24 junho 2024
- Publicidade -
26.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Criminoso de alta periculosidade morre em operação no Nortão

Jeová de Souza Rocha, 42, morreu em uma ação da Polícia Civil, no Distrito de Santa Terezinha, em Nova Ubiratã (502 km ao norte de Cuiabá). Jeová era alvo de um mandado de prisão, reagiu atirando contra os policiais e acabou morto. Ele era considerado de alta periculosidade e tinha passagens por homicídio e ocultação de cadáver.

De acordo com as informações apuradas pelo , equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE) deu apoio à Polícia Civil na operação, que tinha como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão e prisão de Jeová.

Mas, quando as equipes chegaram na casa, flagraram o suspeito em posse de um revólver calibre 38. Ao ver os policiais, ele atirou e não obedeceu às ordens para se entregar. Diante da ameaça, os policiais atiraram e acertaram o homem.

Ele foi socorrido, encaminhado para uma unidade de atendimento, porém, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Contra ele, havia dois mandados de prisão em aberto.

Delegado João Lucas Wanick destacou à imprensa local que Jeová era de alta periculosidade e já conhecido da polícia por crimes em várias cidades do nortão.

“Um indivíduo com extensa ficha criminal. Diante da periculosidade, pedimos apoio do GOE. Ele já tinha fugido da Força Tática, da Polícia Militar, já trocou tiros com as equipes e dessa vez ele atentou contra a vida dos policiais”, destacou.

Wanick destacou que ele se escondia em uma área de mata e estava sendo monitorado pelas equipes da Polícia Civil. “Casa pequena, bem no meio da mata”, ressaltou.

image

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

Esmagamento de soja em Mato Grosso cresce 20,24% em maio

Mato Grosso apresentou um novo recorde quanto ao esmagamento...

Número de feminicídios sobe no Estado; relembre casos

Mato Grosso é destaque nacional no ranking de ataque...
Feito com muito 💜 por go7.com.br