quinta-feira, 30 maio 2024
- Publicidade -
13.2 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Caso Victor: Réu confesso é condenado a 15 anos e recorrerá em liberdade; mãe está indignada

Quase dois anos após o crime, ocorreu nesta quarta-feira (10) o julgamento de Renan Aparecido Ribeiro Andrade, réu confesso no assassinato do jovem Victor Eduardo Oliveira da Silva, de 17 anos, por motivo banal e fútil, na Avenida Brasil, região do Supermercado Big Master. 

O fato aconteceu no dia 14 de agosto de 2020. Renan foi condenado a 15 anos em regime fechado, mas poderá recorrer à decisão em liberdade. A mãe da vítima contou que após ouvir o veredicto, o réu saiu do Fórum pela porta da frente. 

Rosilene Oliveira, mãe de Victor, postou na manhã desta quinta um vídeo em suas redes sociais demonstrando indignação. “Já chorei muito desde ontem e estou chorando até agora. Meu filho tá morto, eu sofro com isso todos os dias. Como que um assassino confesso, que responde nesse processo por três ou quatro crimes, e ficará em liberdade, vai responder em liberdade”, disse. 

“Indignada. Brasil, lei para os que tem dinheiro, lei fraca. Vocês sabem como é a lei do Brasil, ele poderá recorrer em liberdade. O homem comete um crime como esse, por motivo fútil, por motivo banal e sai pela porta da frente do Fórum. Que Justiça é essa daí, o mal está vencendo o bem. Até quando vai ser assim?”, completou. 

Rosilene ainda destacou no vídeo que o júri considerou Renan culpado pelos crimes de homicídio, porte ilegal de arma e pelo motivo fútil.

 

O caso

 O adolescente, Victor Eduardo Oliveira da Silva, foi assassinado próximo ao supermercado em que trabalhava, naquela noite de sexta-feira de agosto de 2020, na avenida Brasil, em Tangará da Serra. Victor teria pedido para que um rapaz não urinasse na rua, pois havia uma mulher próximo.
 Segundo testemunhas, a vítima saiu do trabalho, com uma amiga, e parou para tomar uma cerveja no momento em que foi assassinada. Os dois viram um carro se aproximar, modelo não informado, o qual estava cheio de homens e um desceu e foi urinar na calçada. Após o pedido de Victor, para que não o fizesse, começou uma confusão e o homem entrou no carro e sumiu.
  Logo em seguida, voltou com as mesmas pessoas, e o homem começou a atirar na vítima.
   O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar (PM) foram acionados. O Samu constatou o óbito. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi até o local e analisou que a vítima foi atingida apenas por um tiro, que foi fatal.
 A PM fez buscas e na madrugada seguinte prendeu seis pessoas envolvidas na morte de Victor. O autor do disparo estava escondido em uma propriedade rural na comunidade Pecuama. Em agosto de 2021, Renan foi solto pela Justiça e responde em liberdade.
 
Vídeo em : https://www.plantaotga.com/post/caso-victor-r%C3%A9u-confesso-%C3%A9-condenado-a-15-anos-e-recorrer%C3%A1-em-liberdade-m%C3%A3e-est%C3%A1-indignada
- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

MEC homologa fim de licenciatura 100% EAD

O Ministério da Educação (MEC) homologou o parecer do...

«Tomai, isto é o meu corpo. este é o meu sangue»

Solenidade do Corpo e do Sangue de Cristo (B)Evangelho Mc 14,12-16.22-26No...

Rúcula Cremosa com Queijo de Cabra e Damasco

Uma entrada sofisticada e saborosa, perfeita para um jantar...

Corpus Christi

O Corpus Christi é uma comemoração religiosa celebrada sempre numa quinta-feira e é...
Feito com muito 💜 por go7.com.br