sexta-feira, 14 junho 2024
- Publicidade -
35.3 C
Nova Olímpia
- Publicidade -
abaixo de ultimas notícias

Batalhão Ambiental apreende 315 quilos de pescado irregular

 

Policiais militares do Batalhão Ambiental realizaram a apreensão de 315 quilos de pescado irregular na manhã de terça-feira (18.10), em Cuiabá. Os peixes foram localizados em uma residência onde a PM também apreendeu materiais utilizados para pesca predatória.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 10h40 a equipe do Batalhão Ambiental recebeu informações sobre um imóvel abandonado, no bairro Coophamil. Segundo a denúncia, no local estaria ocorrendo o armazenamento de grande quantidade de pescado irregular. 

De imediato, os policiais se deslocaram ao endereço informado e encontraram duas redes de arrasto e uma tarrafa, com sinais de utilização recente. Ainda no local, a equipe visualizou dois freezers, onde estavam toda a quantidade de pescado encontrada. Os peixes que apresentavam estar fora da medida permitida para pesca.

O material foi recolhido e encaminhado para a sede do Batalhão Ambiental, onde os militares identificaram 129 unidades de Piraputangas, somando 51 quilos; 66 unidades de Pintado, que totalizaram 227 quilos; seis unidades de Cachara, que pesaram 30 quilos; e três Dourados, com sete quilos ao todo. Ao todo, foram apreendidos 315 quilos de pescado.

Diante da situação, foi realizado o registro do boletim de ocorrência para demais providências cabíveis. As equipes policiais seguem em diligências na busca pelos suspeitos do crime.

De acordo com o Batalhão Ambiental, o pescado apreendido foi doado para a Associação de Pacientes Oncológicos de Cuiabá e ao Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, em Várzea Grande.

Gazeta Digital

Policiais militares do Batalhão Ambiental realizaram a apreensão de 315 quilos de pescado irregular na manhã de terça-feira (18.10), em Cuiabá. Os peixes foram localizados em uma residência onde a PM também apreendeu materiais utilizados para pesca predatória.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 10h40 a equipe do Batalhão Ambiental recebeu informações sobre um imóvel abandonado, no bairro Coophamil. Segundo a denúncia, no local estaria ocorrendo o armazenamento de grande quantidade de pescado irregular. 

De imediato, os policiais se deslocaram ao endereço informado e encontraram duas redes de arrasto e uma tarrafa, com sinais de utilização recente. Ainda no local, a equipe visualizou dois freezers, onde estavam toda a quantidade de pescado encontrada. Os peixes que apresentavam estar fora da medida permitida para pesca.

O material foi recolhido e encaminhado para a sede do Batalhão Ambiental, onde os militares identificaram 129 unidades de Piraputangas, somando 51 quilos; 66 unidades de Pintado, que totalizaram 227 quilos; seis unidades de Cachara, que pesaram 30 quilos; e três Dourados, com sete quilos ao todo. Ao todo, foram apreendidos 315 quilos de pescado.

Diante da situação, foi realizado o registro do boletim de ocorrência para demais providências cabíveis. As equipes policiais seguem em diligências na busca pelos suspeitos do crime.

 

De acordo com o Batalhão Ambiental, o pescado apreendido foi doado para a Associação de Pacientes Oncológicos de Cuiabá e ao Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, em Várzea Grande.

- Publicidade -

Compartilhe

Popular

Veja também
Relacionados

2° Marcha para Jesus em Barra do Bugres

A cidade de Barra do Bugres se prepara para mais uma...

Veja os benefícios garantidos para quem é doador de sangue em MT

Além de salvar vidas, a doação de sangue garante...
Feito com muito 💜 por go7.com.br