Nova Olimpia (MT), 18 de novembro de 2017 - 04:14

? ºC Nova Olimpia - MT

Videos

28/07/2017 06:32 www.youtube.com

Vídeo mostra momento em que travesti é atropelada em VG

O atropelamento aconteceu após uma amiga de Natália Pimentel, 22 anos, se negar a fazer um programa sexual. Ninguém foi preso.

Um vídeo, que circula nas redes sociais, mostra o exato momento em que a travesti Natália Pimentel, 22 anos, é atropelada por um carro em alta velocidade, na região conhecida como Zero Quilômetro, em Várzea Grande. O crime ocorreu na segunda-feira (24), após uma amiga de Natália ter se recusado a fazer um programa sexual.

Pelas imagens é possível perceber o momento em que a vítima é arremessada ao ar pelo impacto do atropelamento. 

O motorista fugiu após o fato. Natália  chegou a ser socorrida e encaminhada para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas teve morte cerebral constatada no dia seguinte.

O coração da vítima parou na quarta-feira (26), antes dos aparelhos serem desligados. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá, para exames de necropsia.

Suspeito

De acordo com a Polícia Civil, na quarta-feira (26), a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) ouviu o primeiro suspeito pela autoria no caso envolvendo a morte de Natália. O homem foi ouvido e liberado, pois não foi possível constatar a vinculação dele com o crime.

Duas colegas da vítima, que permaneceram no local, após o atropelamento avistaram o suposto veículo envolvido no crime entrado em uma oficina mecânica na região minutos depois do atropelamento, uma delas teria memorizado a placa do veículo e procurado a Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), onde foi registrado um boletim de ocorrência.

A placa, porém, não coincidia com o veículo envolvido no crime. Em buscas e investigações rápidas foi constatada a inversão de letras na placa informada pela testemunha. Os policiais iniciaram um processo rápido de buscas, com inversões alfabéticas, mantendo a numeração. Com base nas imagens do modelo e cor do veículo das imagens fornecidas pelo motel foi possível chegar ao primeiro suspeito.

O crime está caracterizado como homicídio doloso (quando há intenção de matar) e as investigações seguem sob a coordenação da DHPP, que continua em diligências para futuras manifestações sobre o caso.

Até o momento não há mandados de prisão nem flagrante direcionado a nenhum suspeito que se relacione ao caso.

 

Fonte Reportermt


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo