Nova Olimpia (MT), 18 de novembro de 2017 - 04:28

? ºC Nova Olimpia - MT

Videos

03/07/2017 17:48 www.youtube.com

'Cortei a garganta dela', afirma preso que matou a mãe para roubar

O crime aconteceu em Goiás e Ricardo Ferreira Vidotto Azevedo foi preso em Jaciara, Mato Grosso.após troca de informações entre as polícias de ambos os estados.

O preso, Ricardo Ferreira Vidotto Azevedo, confessou em depoimento à Polícia Civil, como matou sua “mãe de criação”, para roubá-la. Sônia Maria de Passos, de 49 anos, foi morta em fevereiro deste ano, em Goiânia (GO) e Ricardo foi detido em um assentamento rural, em Jaciara (144 km ao Sul de Cuiabá).

"A gente precisava de dinheiro. Aí eu a ataquei. Ela me perguntou porque eu estava fazendo aquilo", relatou o assassino.

Em um vídeo feito pelos policias na delegacia e obtido pelo portal G1, o preso confessa ser autor do assassinato e relata como executou a mulher. Ele afirma que pegou uma faca e cortou a garganta da mulher, após dar golpes de tesoura nas costelas da vítima.

Ricardo alega que foi incentivado pela esposa a cometer o crime, pois precisavam de dinheiro. Ele desferiu golpes de tesoura contra a vítima, a estrangulou e escondeu o corpo no banheiro da casa.

Após o assassinato, Ricardo fez um “limpa” na casa, onde roubou todos objetos de valor. Ele relata também que a mãe estaria planejando sua morte com o marido, detido por tráfico de drogas. Conforme o depoimento do assassino, a o homem acreditava que foi preso após denúncia de Ricardo e sua esposa, e por isso queria matar os dois.

“Eu arrastei [o corpo dela] para o banheiro, porque eu não aguentava ficar olhando para ela ali. [...] Naquele momento, eu matei uma pessoa que eu gostava e matei a mim mesmo, entende?", disse em depoimento.

“Dessa vez eu entrei, a gente conversou. Tirei coragem para não decepcionar a Alessandra [esposa], para não voltar, porque era a última opção. A gente precisava de dinheiro. Aí eu a ataquei. Ela me perguntou porque eu estava fazendo aquilo e eu falei para ela: ‘Porque a senhora e o tio querem matar eu e a Alessandra’. Ela falou: ‘Não é você’. Mas depois que eu comecei, eu não podia voltar atrás”, contou.

Ainda conforme o assassino, ele não encontrou dinheiro onde o casal costumava guardar.

“Eu arrastei [o corpo dela] para o banheiro, porque eu não aguentava ficar olhando para ela ali. [...] Naquele momento, eu matei uma pessoa que eu gostava e matei a mim mesmo, entende? Aí eu terminei de fazer o resto das coisas que eu precisava por dinheiro. Fui onde eles guardavam dinheiro, mas não tinha. Peguei as correntes de ouro, o que tinha de ouro eu peguei. Peguei a televisão, um som que tinha lá, coloquei no carro, fechei as portas”, afirmou.

A prisão

Conforme a imprensa de Jaciara, Ricardo foi preso, no dia 24, após troca de informações entre policiais civis de Mato Grosso e Goiás.

Os policiais de MT vinham realizando buscas ao criminoso até receberam a informação de que ele estava no Hospital Municipal de Jaciara.

Ele havia cortado o próprio braço e ingerido alguns produtos com intenção de cometer suicídio.


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo