Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 18 de outubro de 2018 - 09:48

? ºC Nova Olimpia - MT

Política

TERCEIRO LUGAR 08/10/2018 06:13

Derrotado, Taques agradece votos e deseja sorte a Mendes

o governador Pedro Taques (PSDB) obteve 271.811 votos (18,99%)

 Terceiro lugar na eleição para governo do Estado, o governador Pedro Taques (PSDB) obteve 271.811 votos (18,99%), resultado divulgado até 99,97% do total apurado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT). Com isso, ele entra para a História de Mato Grosso como o primeiro chefe de Estado que não consegue se reeleger, sequer tendo passado para o segundo turno.

Ignorando tais fatos, o tucano emitiu nota focando nos agradecimentos aos seus eleitores, na noite deste domingo (7). “Quero expressar o meu profundo agradecimento a todos os mato-grossenses que exerceram a cidadania neste domingo (07.10). Um agradecimento especial àqueles que me deram a oportunidade, em 2014, de ser Governador de Mato Grosso e também àqueles que depositaram novamente a confiança em nosso projeto. Eu serei eternamente grato a vocês por me permitirem trabalhar incansavelmente pelo nosso Estado”, diz trecho da nota. 

Taques relembrou sua trajetória na vida pública, desde quando era procurador da República, passando por meio mandato no Senado e seus 4 anos como chefe do Executivo estadual. “Depois de 15 anos de Ministério Público, em apenas quatro anos de atividade política, tive a oportunidade de representar Mato Grosso no Senado e de ser governador. As cenas que eu vivi nos últimos anos, em especial a partir do dia primeiro de janeiro de 2015, jamais sairão da minha mente e do meu coração”.

De forma breve, o governador afirmou que continuará trabalhando “initerruptamente” nos últimos 85 dias de mandato e desejou sorte ao governador eleito, Mauro Mendes (DEM), eleito com 839.804 votos (58,69%), faltando 0,07% da totalização da apuração, ou seja, em primeiro turno. 

“Seguiremos trabalhando ininterruptamente, e com o mesmo entusiasmo, até o último minuto deste mandato. Cumprimento o próximo governador, a quem desejo boa sorte e sucesso”, disse. 
Pedro Taques não compareceu ao Centro de Eventos do Pantanal para acompanhar a contagem dos votos. Ele fez isso da casa dele, ao lado da família. O segundo colocado na eleição, senador Wellington Fagundes (PR) também não compareceu ao Centro de Eventos e nem enviou nota. Ele obteve 279.995 votos (19,57%), até a contagem de 99,97% do pleito.

Confira a nota na íntegra:

Quero expressar o meu profundo agradecimento a todos os mato-grossenses que exerceram a cidadania neste domingo (07.10). Um agradecimento especial àqueles que me deram a oportunidade, em 2014, de ser Governador de Mato Grosso e também àqueles que depositaram novamente a confiança em nosso projeto. Eu serei eternamente grato a vocês por me permitirem trabalhar incansavelmente pelo nosso Estado.

Depois de 15 anos de Ministério Público, em apenas quatro anos de atividade política, tive a oportunidade de representar Mato Grosso no Senado e de ser governador. As cenas que eu vivi nos últimos anos, em especial a partir do dia primeiro de janeiro de 2015, jamais sairão da minha mente e do meu coração. 

Seguiremos trabalhando ininterruptamente, e com o mesmo entusiasmo, até o último minuto deste mandato.
Cumprimento o próximo governador, a quem desejo boa sorte e sucesso.

Por fim, mais uma vez, quero agradecer a todos com a dignidade intacta e o coração efusivo de esperança.

Pedro Taques
07.10.2018

logo


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo