Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 18 de outubro de 2018 - 09:50

? ºC Nova Olimpia - MT

Política

03/10/2018 07:19

Saturnino e Wagner aparecem apenas em 50º e 51º em pesquisa do jornal A Gazeta

Os dois deputados tangaraenses, que buscam a reeleição, Saturnino Masson (PSDB) e Wagner Ramos (PSD), não seriam eleitos se a eleição fosse hoje. É o que aponta pesquisa divulgada na edição de hoje do Jornal A Gazeta. Eles aparecem apenas em 50º e 51º lugar.

 

Considerando que são 24 vagas em disputa, nenhum dos dois conseguiria a reeleição.

Outro tangaraense que aparece na pesquisa é o candidato Doutor João (MDB).

Confira abaixo a matéria completa do jornal:

Dos 20 candidatos à reeleição ao cargo de deputado estadual em Mato Grosso, apenas 9 conseguiram pontuar para garantir mais 4 anos na Assembleia Legislativa, segundo o resultado da pesquisa espontânea realizada pelo Instituto Gazeta Dados entre os dias 28 e 30 de setembro.

Os números mostram que o eleitor não tem em mente candidatos que tiveram os nomes envolvidos em casos de corrupção, como é o caso de Mauro Savi (DEM) e Gilmar Fabris (PSD), que chegaram a ser presos recentemente. Fabris foi citado por 0,49% dos eleitores e não ficou entre os 24 nomes mais lembrados. Savi, por outro lado, nem sequer foi citado pelos entrevistados.

O democrata não é o único parlamentar que não foi citado pelos eleitores. Pedro Satélite (PSD) e Wilson Santos (PSDB) também fazem parte deste grupo. Os dois deputados não foram lembrados por nenhuma das 1.080 pessoas entrevistadas nas 66 cidades das 12 regiões do Estado.

Além de Fabris, outros 3 candidatos à reeleição foram lembrados pelos eleitores. Romoaldo Júnior (MDB) foi escolhido por 0,39% dos entrevistados, mesma quantidade de Allan Kardec (PDT) e seguido de Wagner Ramos (PSD) e Saturnino Masson, ambos com 0,29% de preferência.

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), foi quem mais se consolidou na preferência do eleitorado. Botelho está com 2,14% das intenções de votos. Atrás dele vem o ex-vereador de Cuiabá Leonardo Oliveira (PPS), que deixou o cargo de secretário-adjunto de Esporte, Cultura e Lazer no governo Pedro Taques (PSDB) para se candidatar. Oliveira está com 2,04% das intenções de votos.

O topo da lista dos preferidos pelo eleitorado conta também com o nome de Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), segundo-secretário da Assembleia Legislativa, que tem 1,85% das intenções de votos. Janaina Riva (PMDB), aparece em quarto, com 1,56%, seguida do vereador Toninho de Souza (PSD), também com 1,56%. Max Russi (PSB), Guilherme Maluf (PSDB) e Faissal Calil (PV) também tiveram o mesmo desempenho.

A lista dos dez primeiros é completada com Daltinho (Patriota), com 1,17%, e Ricardo Arruda (PTB), que tem 0,88%.

Além de Toninho de Souza, o vereador Mario Nadaf (PV) também teve um resultado positivo na pesquisa. Ficou com 0,78% das intenções de votos e, se a eleição fosse hoje, ganharia em décimo quarto lugar, empatado com o ex-vereador Lúdio Cabral (PT), que obteve a mesma quantidade das intenções de votos.

A pesquisa Gazeta Dados foi realizada nos moldes survey, com a aplicação de questionário estruturado e padronizado a uma amostra representativa do público pesquisado. Dos entrevistados, 51% são homens e 49% mulheres. Do total, 50% são analfabetos ou formados apenas até o ensino fundamental, 40% cursaram o ensino médio e 10% possuem curso superior. Os que recebem entre 1 e 5 salários mínimos são 72%. De 5 a 10 salários são 22% e acima de 10 salários, são 6%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso com o número 01042/2018.

Sobre a pesquisa

Margem de erro - 3%

Entrevistados - 1.080

Municípios - 66 municípios em 12 regiões

Data - 28 a 30 de setembro

Registro no TRE/MT - 01042/2018

Contratante - Grupo Gazeta de Comunicação


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo