Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 17 de junho de 2018 - 23:16

? ºC Nova Olimpia - MT

Política

Desistência 22/05/2018 08:53

Temer deve anunciar hoje que desistiu de concorrer às eleições e apoia Meirelles

Anúncio deve ser feito ainda nesta terça, em um evento do MDB; informação é de uma alta fonte do governo e confirma indicações que Temer vinha dando

 O presidente da República, Michel Temer, deve aproveitar um evento do MDB, nesta terça-feira (22), para anunciar a sua decisão de não concorrer à Presidência nas eleições de outubro deste ano. Ainda em seu pronunciamento, o presidente deve apresentar o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles como o candidato do partido ao pleito. 

Segundo fontes do governo, esse anúncio deve ocorrer hoje, porque o presidente decidiu, enfim, desistir de uma possível campanha eleitoral. Ele teria tentado, com a campanha 'O Brasil voltou, 20 anos em 2', ganhar um fôlego nas pesquisas de intenções de voto para a Presidência da República e melhorar a sua imagem, mas o esforço teve efeito contrário – até por conta do controverso slogan escolhido. 

Hoje, o presidente e seus aliados participam do encontro de apresentação do documento "Caminho para o Futuro" – uma plataforma de governo do MDB. É nesse evento que o emedebista deve se pronunciar, segundo a agência Reuters . 

Meirelles candidato à Presidência

O ex-ministro se filiou ao MDB no início de abril, deixando o comando da Fazenda, com a expectativa de se lançar como concorrente ao Planalto. Desde então, ele vinha aguardando a decisão de Temer sobre concorrer ou não às eleições, reconhecendo que o presidente teria prioridade na espécie de 'linha sucessória'.

No ato da filiação de Meirelles, foi apresentado um cartaz em que aparece ao lado do presidente Michel Temer à frente da bandeira do Brasil, com os dizeres "Nossa união nos fortalece". Também foi tocado o jingle: "M de Michel, M de Meirelles, M de MDB".

"Tenho um projeto de candidatura a presidente", admitiu Meirelles a jornalistas na ocasião, sem especificar nada, nem mesmo quem iria encabeçar uma chapa com ele. 

"Agora, entrando no partido, vamos discutir os próximos passos e, evidentemente, qual é a melhor composição partidária visando a evitar que o Brasil volte a ter políticas populistas e políticas que levaram o Brasil à maior recessão da história", completou.

Já dando indícios de sua decisão, o presidente da República começou, nas últimas semanas, a levar Meirelles para eventos públicos, como nas cerimônias de entrega de residências populares.

Último Segundo


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo