Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 26 de maio de 2018 - 08:41

? ºC Nova Olimpia - MT

Política

Delação Premiada 29/04/2018 16:34

Palocci Entrega Para Sérgio Moro Reunião >Misteriosa>e De Caráter Explosivo Entre Lula E Dilma

O ex-ministro Antonio Palocci conseguiu negociar um acordo de delação premiada com a Polícia Federal (PF) e agora, resta ao juiz federal Sérgio Moro fazer uma ponte com o Ministério Público Federal (MPF) para que a delação seja homologada.

 As informações de Palocci já começam a amedrontar o Partido dos Trabalhadores. A ex-presidente Dilma Rousseff, mesmo sem ter informação de tudo o que ex-ministro iria falar, já afirmou que ele é mentiroso, mas uma reunião no Palácio do Planalto delatado por Palocci pode complicar de vez o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, Dilma Rousseff e o patriarca da Odebrecht, Emílio Odebrecht.

Conforme informações do jornalista Merval Pereira, a delação do ex-petista tem conteúdo explosivo, caso ele consiga provar todos os fatos.

Um assunto que vai causar um grande abalo no PT é uma reunião no Planalto delatada por Palocci. Nesta reunião estavam Lula, Dilma e Emílio. Conforme seu depoimento, os três se juntaram para combinar a continuação dos esquemas da Odebrecht com o governo petista. Dilma iria entrar no poder e a corrupção deveria seguir dentro dos critérios deles.

Informado sobre esse episódio, Lula minimizou a reunião e Dilma ] apenas falou que não houve nada de mais. Porém a agenda de Emílio mostra que a pauta foi bem extensa.

Dinheiro vivo
No ano passado, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, Palocci afirmou que Lula recebeu R$ 4 milhões de reais em dinheiro vivo da Odebrecht. Para comprovar sua indagação, ele levantou uma testemunha importante e que pode elucidar o caso.

O ex-ministro disse que foi levar o dinheiro a Lula e relacionou datas e valores entregues por um de seus assessores, Branislav Kontic.

De acordo com Palocci, o dinheiro foi entregue a Lula, quando ele estava prestes a deixar o cargo para a sua sucessora Dilma e seria utilizado para bancar despesas pessoais do ex-presidente.

A entrega
Palocci comentou que os dois marcavam um certo local para que o dinheiro fosse entregue. Como o ex-ministro não dirigia, na época, ele levava um auxiliar ao volante. Esse auxiliar poderá ser chamado por Moro a explicar toda a narração do ex-ministro. A identidade deste motorista é mantida em sigilo e pode ser peça fundamental contra Lula .

Investigadores podem se utilizar desses dias e horários citados por Palocci para atestarem os encontros entre Lula e ele. Ligações telefônicas serão investigadas para saber do contato entre eles.

News Atual


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo