Nova Olimpia (MT), 08 de dezembro de 2021 - 01:33

? ºC Nova Olimpia - MT

Policial

23/11/2021 09:55

MPE denuncia sogra por planejar morte do genro em 2019

Ministério Público de Mato Grosso (MPE) denunciou 4 pessoas apontadas como autoras da morte de Roberto Cândido Mateus, em outubro de 2019, na Estrada do Tatu, na zona rural de Tabaporã (643 km ao Médio-Norte de Cuiabá). Entre as pessoas acusadas está a sogra da vítima, Alzira Silvério Franceshini.

Conforme as informações da assessoria do MPE, Roberto foi morto com vários tiros na cabeça, na região do rosto, e na cervical, que resultaram na morte por choque neurogênico traumático. Consta nos autos que o crime foi orquestrado por Alzira, que pagou uma quantia de R$ 25 mil em cheque para Letícia Jheneffer Alves Freiras e Amilson Santos Pereira.

 

Os dois foram responsáveis em encontrar o assassino. Este foi identificado como Jader Hoffman Pereira, que é primo de Amilson. Jader foi contratado por R$ 15 mil, recebendo R$ 5 mil adiantado e o restante logo após o crime.

No dia da morte de Roberto, o assassino foi até a estrada da fazenda em que a vítima trabalhava e quando avistou seu veículo, deu sinal para que ele parasse. Aproveitou-se do fato que a vítima o conhecia e disparou vários tiros em sua direção.

Promotora de Justiça Anízia Tojal Serra Dantas afirma que Alzira almejava que sua filha, que era casada com Roberto, ficasse com todas as posses patrimoniais após o divórcio.

 

E que por isso, o crime foi praticado mediante paga ou promessa de recompensa, por motivo torpe. A Vara Única de Tabaporã já está em posse da denúncia.


Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo