Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 21 de outubro de 2018 - 13:30

? ºC Nova Olimpia - MT

Fique Por Dentro

03/05/2018 11:09

Dólar opera perto de R$ 3,55 mesmo com intervenção do BC

dólar opera em leve quada ante o real nesta quinta-feira (3) e ainda ronda o patamar de R$ 3,55, mesmo com o Banco Central voltando a atuar no mercado de câmbio para tentar suavizar os efeitos da alta da moeda. Na véspera, a divisa atingiu a maior cotação em quase dois anos.

Às 10h50, a moeda dos EUA recuava 0,10%,a R$ 3,5458. Veja mais cotações.

Na vespéra, o dólar fechou com alta de 1,33%, a R$ 3,5492 na venda – maior cotação desde 2 de junho de 2016, quando o dólar estava cotado a R$ 3,5859.

Na noite de quarta-feira, o Banco Central informou que atuará no câmbio pelo quarto mês consecutivo, com a oferta de contratos de swap cambial, que equivalem à venda futura de dólares. É a primeira vez no ano, porém, que o BC pretende oferecer ao mercado um número superior ao de contratos que vencem em junho.

Em junho, vencem 113 mil contratos que totalizam US$ 5,65 bilhões em swaps cambiais tradicionais, parte do estoque total de US$ 23,8 bilhões, informou o BC.

"O BC mostrou desconforto com o nível da moeda, mas trata-se de um alívio pontual", afirmou à Reuters o operador da Advanced Corretora, Alessandro Faganello.

Os mercados têm mostrado preocupações com a trajetória de alta de juros nos Estados Unidos, que podem atrair para a maior economia do mundo recursos aplicados hoje em praças financeiras consideradas de maior risco, como a brasileira, segundo a agência de notícias.

Na véspera, o Federal Reserve, banco Central norte-americano, não mudou sua taxa de juros e expressou confiança de que o recente aumento da inflação para nível próximo à meta de 2% será sustentado. O Fed prevê atualmente mais dois aumentos dos juros este ano, embora número crescente de autoridades veja três como possível.

No exterior, o dólar operava praticamente estável ante uma cesta de moedas e misto ante divisas de países emergentes.

 A cena política local também pesava sobre o mercado, diante das incertezas que rondam as eleições presidenciais de outubro. Os investidores temem que um candidato que eles considerem menos comprometido com o ajuste fiscal possa ser eleito.

Na mínima dessa sessão, o dólar chegou a cair a R$ 3,5213 logo após a abertura dos negócios, com o mercado reagindo à maior intervenção do BC. Mas o movimento acabou perdendo força.

Entenda a ação do Banco Central

Segundo o Banco Central, será realizado nesta quinta um leilão de 8,9 mil contratos de swap que terão vencimentos em agosto, em novembro e em janeiro de 2019.

Em junho, vencem 113 mil contratos que totalizam 5,65 bilhões de dólares em swaps cambiais tradicionais, parte do estoque total de 23,8 bilhões, informou o BC.

A última vez que o BC ofereceu contratos de swap cambial em número superior aos vincendos no mês foi em maio de 2017, segundo a assessoria da instituição.

Os swaps são contratos para troca de riscos: o BC oferece um contrato de venda de dólares, mas não entrega a moeda. No vencimento desses contratos, o investidor se compromete a pagar uma taxa de juros sobre o valor deles e recebe do BC a variação do dólar no mesmo período.

 Esses instrumentos servem para dar "proteção" contra variações bruscas no câmbio aos agentes que têm dívida em moeda estrangeira. Isso evita que tenham que comprar moeda no mercado à vista para se protegerem.

Movimento de alta do dólar

A alta de mais de 1% da véspera foi pressionada pelo cenário externo, após o banco central dos Estados Unidos não reduzir expectativas de que os juros podem subir mais do que o esperado no país.

O aumento dos juros nos Estados Unidos tem potencial para atrair recursos aplicados em outras economias, sobretudo dos países emergentes.

Atualmente, o banco central dos EUA, o Fed (Federal Reserve) prevê outros dois aumentos dos juros este ano, embora um número crescente de autoridades monetárias veja três altas como uma possibilidade.


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo