Nova Olimpia (MT), 03 de dezembro de 2021 - 20:35

? ºC Nova Olimpia - MT

Curiosidades

09/11/2021 16:43 PlenárioMT

Não gosta de fazer exercícios? Veja 4 dicas para mudar isso


Se manter na zona de conforto é sempre prazeroso, por isso, realizar atividades físicas costuma ser um problema para muitas pessoas. Falta de: tempo, disposição, energia e motivação são os principais fatores para procrastinar ou extinguir uma rotina de exercícios. 

Considerando que o sedentarismo é altamente prejudicial em todos os fatores relacionados à saúde, fica claro a importância de se movimentar. A prática, por mais desafiadora que seja no início, é o principal “segredo” para te engajar nas atividades, visto que os exercícios físicos ajudam a equilibrar endorfina e dopamina, substâncias químicas responsáveis ​​pela motivação, energia e redução do estresse. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que adultos realizem semanalmente, pelo menos 150 minutos de atividade física moderada a intensa. Além de reduzir o risco de morte e de doenças cardiovasculares, bem como derrames, diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer, a prática melhora o desempenho sexual e combate à ansiedade e depressão. Para te ajudar a conquistar todos esses benefícios, listamos a seguir quatro dicas para te fazer gostar de se movimentar. As informações são da “CNN”.

Faça dos exercícios uma parte regular do seu dia
Se você deixa de fazer exercícios porque surgiu tarefas inesperadas no seu dia, como lavar a louça, ir ao mercado ou mesmo por estar muito cansada, saiba que o processo vai se tornar ainda mais difícil se não perseverar. Como diz o ditado, “a prática leva à perfeição”, logo, quanto mais você se dedicar, mais vai se adaptar e passará a gostar verdadeiramente do seu novo hábito — mesmo que isso demore semanas ou meses.

Para evitar faltar aos treinos, faça dos exercícios uma parte regular e essencial do seu dia, como comer ou dormir, visto que são igualmente importantes para a saúde e bem-estar. Entender a necessidade dessa prática é essencial para mudar sua visão sobre o assunto e, consequentemente, acabar com as desculpas.

Com a rotina de trabalho, vida familiar e pessoal, é possível que alguns dias sejam mais intensos e os horários ultrapassem, mas isso não deve te impedir. Se organizar é a melhor forma de evitar que isso aconteça, portanto, programe seus treinos com antecedência, já que nem sempre conseguirá se exercitar no mesmo horário diariamente. Caso seja necessário, também vale dividir o tempo de treino ao longo do dia — sem prejudicar os benefícios, segundo especialistas.

Comece devagar e dê tempo à sua nova rotina
Um dos maiores erros que os iniciantes em exercícios cometem é o excesso. Ter constância é fundamental, mas isso não significar ultrapassar seus limites. Por exemplo, se você quiser correr, não saia em um percurso de 5 quilômetros o mais rápido que puder. Alterne correr um quarteirão ou estabeleça um tempo curto com andar um quarteirão. Esse mesmo princípio se aplica a qualquer outra nova atividade que for praticar.

Também vale ressaltar que leva algum tempo para que um novo comportamento se torne um hábito. “Eu não posso dizer quantas pessoas desistem após uma ou duas semanas, porque parece difícil ou elas não estão vendo resultados”, diz a personal trainer Tami Smith. Ela ainda recomenda: “Dê a si mesma a chance de começar a ver e sentir os benefícios. Comprometa-se a ter pelo menos 30 dias de consistência e depois avalie como você se sente a respeito”.

Encontre um exercício que você goste de fazer
Existe uma variedade de exercícios, de musculação na academia a danças ao ar livre, e você pode experimentar muitos deles para descobrir o que mais te atrai. Não se apegue à complexidade, se preferir, pode apostar em atividades simples, como caminhar. “O termo ‘exercício’ pode implicar treinos rigorosos, mas o movimento não precisa ser rigoroso para ser benéfico. Qualquer movimento é melhor que o sedentarismo”, ressalta Howard Rankin, pesquisador de mudança de comportamento.

Praticar o que gosta te dará ainda mais motivação e confiança para superar quaisquer barreiras do exercício, o que significa que você terá mais probabilidade de manter sua disciplina, de acordo com um estudo realizado em 2015 por Beth Lewis, diretor da Escola de Cinesiologia da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos. 

Se divirta
Mesmo que você encontre uma atividade que goste, não significa que ela será divertida, o que gradualmente também pode te desanimar. Nesse caso, usar a criatividade é importante. Tente mesclar o exercício com práticas em grupo ou com amigos, se preferir adapte ao ar livre e sempre tenha uma playlist com músicas que te deixam animada.


Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo