Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 20 de outubro de 2018 - 17:22

? ºC Nova Olimpia - MT

Curiosidades

06/06/2018 11:36

Após dias intensos, Alok comemorou não só a vida, mas também uma marca recorde de 40 milhões de streams com >Ocean>, música de trabalho em parceria co

Às vezes somos colocados diante de uma dificuldade na vida, e podemos apenas enfrentar ou desistir. No ‘MasterChef Brasil‘ dessa semana aconteceu algo assim com um participante, e aprendemos uma bela lição de perseverança. Mas além disso, a edição do programa trouxe tudo o que mais gostamos na competição: gritaria, confusão e muito prato sendo feito de última hora dando margem para críticas. Se quer saber o que rolou no mais recente episódio do nosso reality show culinário favorito, além de entender como aconteceu a eliminação da semana, estamos aqui para explicar tudo.

A prova mais rápida de todos os tempos
Todos os cozinheiros amadores restantes dessa temporada foram levados a um dos mais inusitados locais para uma prova externa: uma pista de motocross. Sem muita surpresa, Ana Paula Padrão anunciou que os competidores se dividiriam em times para tentar aplacar a fome de 125 pessoas envolvidas no esporte de corrida, e ainda avisou como esta seria a mais rápida prova do ‘MasterChef Brasil’. Não para o público, que continuou indo dormir altas horas da madrugada por acompanhar o reality show, mas para os participantes: eles teriam apenas uma hora e meia para prepararem os hambúrgueres.

A liderança dos times se deu através dos dois vencedores da repescagem, Hugo e Ana Luíza. Enquanto ele, no time vermelho, ficou com Rita, Evandro, Vinícius, Katleen e Victor Hugo, para o time azul de Ana Luíza estavam Thiago, Rui, Eliane e Maria Antônia. Sim, um pouquinho desigual no quesito número de participantes mesmo.

Essa desigualdade também foi vista na hora da divisão da sorte para cada um dos times, porque o azul estava com uma aura de azar imensa que fez tudo dar errado: o moedor de carne dos hambúrgueres pifou, a batata deu errado, o molho estava totalmente equivocado e eles não conseguiram preparar todos os hambúrgueres a tempo. Como precisavam entregar os 125 pratos, eles passaram a pegar pedaços quentes de vários hambúrgueres quase crus para montar um novo hambúrguer, algo classificado pelos chefs como horroroso. Erick Jacquin inclusive se recusou a comer o lanche desse time, e Paola Carosella se referiu à comida como “inaceitável“.Enquanto o time azul sofria todas as catástrofes possíveis, a galera da equipe vermelha sofreu com o racionamento de batatas. Victor Hugo havia demorado um pouco para avisar sobre os problemas, e eles serviram hambúrgueres com apenas dois chips em cada um. Mesmo com a mixaria, a equipe vermelha foi a vencedora de lavada, com 104 votos dos 125 possíveis.

Victor Hugo é humilhado (e exaltado) no mesmo programa
Em mais uma reviravolta do programa, os jurados anunciaram que a participação individual também seria importante, mesmo no time vencedor. Assim, eles culparam Victor Hugo pelo problema com a batata e ele acabou indo parar na prova de eliminação, mesmo estando no time vencedor.

A prova valendo a permanência no ‘MasterChef Brasil’ era de massa fresca, e o vencedor Hugo precisava delegar para cada um dos cozinheiros amadores uma massa fresca especial. Após dar as mais fáceis, o nhoque de ricota e o ravióli para Victor Hugo e Ana Luíza respectivamente, ele entregou os demais aos outros participantes.

Tudo muito bom, tudo muito bem, após os três minutos de mercado Victor Hugo percebeu que havia cometido um erro sem volta: ele havia esquecido de pegar ricota. Sim, e ele precisava fazer um nhoque de ricota! Sem saída, ele perguntou aos chefs se podia sair do programa, assim evitaria a vergonha, mas acabou ficando para tentar improvisar alguma coisa. “Essa é uma oportunidade para usar a criatividade“, avisou Jacquin.

Assim como o meme de Rodrigo Hilbert faz-tudo, Victor Hugo surpreendeu a todos quando (após ouvir uma dica do mezanino) embarcou na ideia de produzir sua própria ricota no programa. Usando leite e azeite, além de um preparo que envolveu ferver e coar para ficar com as partículas sólidas, o MacGyver brasileiro conseguiu concluir a prova e entregar perfeitamente o nhoque de ricota. Com sua própria ricota!

A ousadia lhe rendeu a classificação em segundo lugar na prova, ficando atrás apenas de Rui. Já a disputa para atravessar a porta de eliminação ficou entre Ana Luíza (que errou totalmente o processo de se fazer um ravióli) e Maria Antônia (cujo erro foi no sabor de seu prato). Após uma conversa entre os chefs, eles chegaram à conclusão que é bem pior chegar a essa altura da competição sem saber fazer um ravióli, então Ana Luíza precisou entregar o seu avental uma semana após retornar na repescagem.


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo