Nova Olimpia (MT), 21 de novembro de 2017 - 14:16

? ºC Nova Olimpia - MT

Curiosidades

26/10/2017 17:44

Em Mato Grosso, patrimônio médio de homens que buscam patrocinar mulheres bonitas é de 7 milhões de reais

Cresce a cada dia o número de pessoas interessadas em um relacionamento "sugar", ou seja, aquele em que cada um oferece o que tem de melhor: ou dinheiro, status e mimos – os "Sugar Daddys" - ou beleza e companhia – oferecido pelas Sugar Babys. Em Mato Grosso, atualmente, 6200 pessoas são usuárias do site "Meu Patrocínio", que promete fazer a "ponte" entre elas.
Criado em novembro de 2015 no Brasil, o site já tem 300 mil usuários cadastrados, sendo que 2% são de Mato Grosso. Por aqui, especificamente, são 5000 sugar babys femininas, ou seja, mulheres novas e bonitas que querem ser mimadas, e 200 sugar daddys, os homens ricos e mais velhos que querem mimar. O site possui, ainda, a opção contrária: Em MT são 50 sugar mommys femininas, as mulheres ricas e mais velhas, e 1000 sugar babbies masculinos, os homens bonitos e mais novos.
 
Outro dado importante, divulgado pela assessoria do "Meu Patrocínio", é em relação ao patrimônio destes participantes. O salário médio de um Sugar Daddy em Mato Grosso – que tem em torno de 40 anos – é de R$42 mil, com um patrimônio médio de R$7,2 milhões. As sugar babys têm, em média, 24 anos.
 
"Meu Patrocínio" foi criado por Jennifer Lobo, americana filha de brasileiros e que vive em São Paulo. “Quando eu morei em Nova York eu conheci o conceito de Relacionamento Sugar, que já existe há mais de dez anos nos Estados Unidos e na Europa. Tive a ideia de trazer esse conceito para o Brasil e fazer o primeiro site brasileiro voltado para relacionamentos entre Sugar Daddies e Sugar Babies”, contou Jennifer em entrevista ao Olhar Conceito, em dezembro de 2016.
 
Segundo a criadora, a inscrição é gratuita para as Sugar Babies, mas os Sugar Daddies tem que pagar uma taxa, que varia dependendo do plano que escolhem: pode ser R$199 mensais, para o mais simples, ou R$999 mensais para o plano "Elite" e, neste caso, o membro tem um atendimento exclusivo sete dias por semana, antecedentes criminais verificados e uma consultoria particular com a criadora do site, online. 
 
“Depois que eles pagam a mensalidade, eles mandam uma cópia do RG e do passaporte e nós verificamos junto a Polícia Civil e Federal. Se tudo estiver correto, eles são aprovados e ganham um selo de verificação elite, que é o maior destaque aparecendo no primeiro lugar em todas as buscas”, explicou.

 

Fonte GazetaDoNoroeste


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo