Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 26 de maio de 2018 - 08:34

? ºC Nova Olimpia - MT

Acontecimentos

14/05/2018 17:16

Mulher morre após realizar cirurgia plástica em hospital sem UTI em Cuiabá

Uma mulher de 33 anos morreu na tarde de domingo (13) após sofrer complicações decorrentes de uma cirurgia plástica realizada no Hospital Militar, no bairro Goiabeiras, em Cuiabá, na quinta-feira (10). A cirurgia foi realizada através do programa “Plástica para todos”. Ela era casada e mãe de uma menina.

Edleia Danielle Ferreira Lira sofreu uma parada cardíaca, foi reanimada e encaminhada para o Hospital Sotrauma, também em Cuiabá, pois o hospital, onde foi realizada a cirurgia, não possui Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Daniele iria fazer uma “lipoescultura” e redução dos seios.

O programa “Plástica para Todos” é apresentado como um programa de baixo custo para quem deseja fazer os mais variados tipos de procedimentos estéticos. Segundo a propaganda, as cirurgias podem ser pagas em até 24 vezes no boleto e 12 vezes no cartão crédito ou crediário.

O projeto é constituído por uma equipe de 22 cirurgiões plásticos e membros da Sociedade brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), sendo dois cirurgiões geral especialistas em procedimentos Bariátricos, dois dermatologistas, um otorrino especialista em cirurgias e duas nutricionistas.

O Hospital Sótrauma emitiu nota sobre o caso. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Mato Grosso acompanha o caso e também se pronunciou por meio de nota.

Nota de esclarecimento

Queremos informar as nossas diamantes sobre alguns comentários e rumores que estão circulando em redes sociais informando o falecimento de uma paciente que foi submetida a um procedimento cirúrgico na capital Cuiabá. (CIRURGIA PLÁSTICA).

Ressaltamos que a cirurgia acima citada não foi realizada pelo Dr. Eduardo Sauter e não foi realizada no Hospital Sotrauma.

A cirurgia foi realizada em outro hospital e devido ao estado clínico da paciente a mesma foi transferida para UTI do hospital SOTRAUMA que prestou toda assistência necessária.

HOSPITAL SOTRAUMA

 

Nota a imprensa

Considerando o lamentável incidente em procedimento cirúrgico envolvendo a Sra. D.B., ocorrido, segundo informações veiculadas na imprensa, em 14/05/2018, em Cuiabá-MT, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Mato Grosso, manifesta-se com o que segue:

Solidarizamo-nos com a família enlutada.

O entendimento e orientação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) é pelo fiel cumprimento de normas e critérios científicos que maximizem a segurança do paciente. Reiteradamente a SBCP alerta a população para o risco da atuação de agentes intermediadores, em mídias sociais, e/ou planos financeiros para realização de cirurgias plásticas, fazendo de pacientes objetos de mercância, no interesse vil em detrimento de qualidade e segurança.

Entretanto, a análise da conduta profissional, dos fenômenos orgânicos da paciente, somados às condições estruturais na realização do procedimento elencado, é que trarão uma razão de juízo acerca de causas e efeitos de cada caso concreto. Para tanto, órgãos e autoridades oficiais, são investidos de poderes na emissão de pareceres técnicos fundamentados.
Tem-se por óbvio que qualquer pré-julgamento acerca de fatos não comprovados, se trata de mera especulação e exploração sensacionalista de um momento delicado como tal.
Não obstante, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, aguarda o pronunciamento conclusivo dos órgãos oficiais acerca dos fatos, para que possa se manifestar tecnicamente sobre o ocorrido e, agir no âmbito de suas funções.
Cuiabá, 14 de maio de 2018.

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Mato Grosso

 

Fonte:http://odocumento.com.br/


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo