Titulo fixo

Nova Olimpia (MT), 21 de outubro de 2018 - 13:33

? ºC Nova Olimpia - MT

Acontecimentos

06/09/2017 07:13

Zé Domingos diz que chorou muito e propina foi armação de Silval

Deputado José Domingos Fraga garante que dinheiro recebido foi relativo à ajuda de Silval Barbosa para campanha e está declarado.

O deputado José Domingos Fraga (PSD) afirmou que está “profundamente chateado” devido ao equívoco cometido nas delações do ex-governador Silval Barbosa e de seu ex-chefe de gabinete, Silvio Correa, após a divulgação de um vídeo onde é flagrado recebendo dinheiro, supostamente propina.

“Estou tão chateado. Chorei muito porque tive a felicidade de ser prefeito durante 12 anos, estou no meu terceiro mandato de deputado, e durante toda a minha vida pública nunca fui alvo de uma armação como essa. Foi uma armação, totalmente premeditada, quem sabe até pensando em uma possível delação futura”, diz Zé Domingos.

Segundo o parlamentar, o fato de Silvio ter filmado escondido tanto ele, quanto outros deputados e ex-deputados recebendo dinheiro, seria para dividir a culpa pelos prejuízos causados ao Estado.

“Estou tão chateado. Chorei muito porque tive a felicidade de ser prefeito durante 12 anos, estou no meu terceiro mandato de deputado, e durante toda a minha vida pública nunca fui alvo de uma armação como essa", explica Zé Domingos.

“Acho que até para poder socializar os prejuízos causados ao Estado se propuseram a fazer essa armadilha que não só eu cai, como caíram homens e mulheres de bem, que nunca passaram um vexame de tamanha envergadura”, diz.

Sobre o recebimento de dinheiro, Zé Domingos explica que havia uma negociação para que Silval ajudasse os deputados na campanha eleitoral e, somente por isso, entrou na sala de Silvio Corrêa, ocasião em que foi gravado recebendo maços de dinheiro em uma caixa de papelão ao lado de Ezequiel Fonseca (PP).

“Em relação à gravação, fomos convidados para uma reunião e após a reunião me convidaram para entrar na sala do Silvio e eu entrei. De fato os recursos eram conforme negociado para a campanha, e eu tenho certeza que está tudo declarado na minha prestação de contas. Estou aguardando a delação, com seus anexos para que eu, com minha assessoria jurídica, possamos tomar as devidas providências”, diz.

O parlamentar explica que as Mesas Diretoras da Assembleia Legislativa na gestão de Silval Barbosa foram fortes e, após as confissões de Silval e de Silvio, se sentiu como um “parlamentar de baixo clero”. “Nunca sentei com o ex-governador para discutir nada, qualquer tipo de ajuda a essa Casa, até porque tínhamos uma Mesa extremamente capaz, muito forte, e eu me vi como um parlamentar do baixo clero. A Mesa, quando discutia alguma coisa de interesse da Casa, discutia diretamente com o Governo”, explica.

Sobre o fato de ter recebido propina para votar favoravelmente à aprovação das contas do Governo Silval, Zé Domingos explica que não participou da votação.

“Nunca sentei com o governador ou com quem quer que seja, para discutir aprovação de contas, seja com o Governo Blairo, Governo Silval e até Governo Pedro Taques, até porque nas contas do Silval eu não votei. Não participei das discussões na comissão, nem no Plenário. Então ele está totalmente equivocado”, diz.

 

Fonte Reportermt


Click Nova Olímpia

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Nova Olímpia - MT

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo